sexta-feira, 30 de julho de 2010

A Arte do Rap

Boa noite meus caros leitores!

Faz já algum tempo que não faço uma postagem aqui, não vos abodanei, eis me aqui para trazer uma novidade interessante. Aos novos leitores sejam muito bem vindos!

A arte do Rap é o nome que ganhou a versão legendada em português do Filme "The Art of The 16 Bars" produzido por Quincy Jones III e o pessoal da QD3 Entertainment. São os mesmos produtores de "Beef", "TuPac Shakur: Thug Angel" e "The MC".

Os caras da QD3 acertaram novamente, muito bom o filme bem organizado na estrutura. Ele trata primeiramente da escolha dos nomes dos artistas e do empacto que os nomes tem, fala também sobre a composição das letras de Rap a forma que elas são cantadas o "Flow e o Ritmo", a questão da interpretação dos MC's, até mesmo a postura no palco em um show, os problema dos MC's que tapam o globo do microfone, Frestyles e o clima nos estudios. Tudo isso com comentários de grandes personalidades do Rap.

O video fala também sobre as dificuldades de apresentar um trabalho, as "Demos" como isso dever ser feito, as vantagen de ser um artista independente e dos problemas de ter um contrato. No menu "Entrevistas" tem entrevitas com duas pessoas que trabalham no ramo da promoção dos artistas e conhecem bem o mercado da música norte americana e que dão uma ótima visão de como ele funciona.

Gostei muito do Filme, recomendo a parada, você poder encontrar o DVD pra comprar no site http://www.americanas.com.br vale a pena ter o original.

Boa noite e até a proxima!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Here Comes The Hotstepper - Ini Kamoze


Eiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiita! HAuHAHu

Pato Bantón - Go Pato

Alguém lembra essa? HAuAuH

Jackson Sisters "I Believe In Miracles"

Eu dancei essa!

Jackson Sisters "I Believe In Miracles", achei esse video a baixo uma edição bacana, não é o clip original mas achei algumas cenas interresantes. Muito boa musica, muito conhecida dos B.Boys.

As Irmãs Jackson (não confundir com as irmãs Jackson, La Toya, Janet, Rebbie que são irmãs de Michael e seus irmãos do grupo de soul norte-americano Jackson Five). The Jackon Sisters foi um grupo de soul norte-americana formado em  familia no ano 1970. O grupo veio de Compton, Califórnia, mas foi baseadas em Detroit, Michigan.

As Irmãs foram Jacqueline Jackson-Rencher, Lyn Jackson, Pat Jackson, Jackson Rae e Gennie Jackson. Elas gravaram material para o selo Records Tiger Lily, obtendo algum sucesso modesto em 1970. No entanto o grupo veio realmente estourar quase uma década mais tarde, após o surgimento da cena Rare Groove no Reino Unido. Muitas de suas canções foram escritas por Johnny Bristol. Bobby Taylor, produziu e co-escreveu o hino Rare Groove, "I Believe In Miracles", em 1976.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Jay-Z - Hard Knock Life (Legendado)

Esse é embaçado mesmo, Segue o som legendado para vossa apreciação.

Pergunte a quem conhece.

Quero recomendar a leitura do livro "Pergunte a quem conhece: Thaíde." escrito em parceria com o jornalista César Alves. Tem umas históriaa engraçadas dos bastidores do Rap, fora que uma ótima oportunidade para quem não viveu  o inicio do Hip Hop aqui no Brasil saber como era.




O trecho a baixo é extraido do Blog Pilar- Diego Zamprogna.
"O livro traça a trajetória pessoal do rapper, que se confunde com a história do surgimento do movimento Hip Hop no Brasil. Para quem não conhece essa cultura, ele é um dos pilares de sustentação e fez história junto com seu ex-parceiro Dj Hum."
Boa noite!

 

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Expressão Ativa - Falando De Paz

Vocês lembram desse som a abaixo?

É "Falando de Paz" do Expressão Ativa Album "Dinastia" ano 2000.
Acho a letra muito boa, mô sentimento mesmo.



Só música.

domingo, 18 de julho de 2010

Gangstarr - Above The Clouds (feat. Inspectah Deck)


Só música.

Gostava de escutar essa quando estava riscando minhas letras, essa música fez parte da trilha sonora de Video "Ivasão".  Sege a capa a baixo.


Para os Whiters de plantão.

Um tributo aos Mestres né meu!




Esse já foi apagado a muito tempo, esse eu copiei várias vezes a letra "o" quando tava começando fazer os primeiros esboços, sempre achei ela bem loka.

É necessário voltar ao começo!

Photo from Yes Yes Y’all

Pense que  ainda somos assim, só então vamos ter exito na caminhada, com diz meu mano Emicida "..é necessário voltar ao começo, quando os caminhos se confundem é necessário voltar ao começo...".

Keith Sweat Featuring Athena Cage - Nobody (Video)

Essa do Album  Keith Sweat - Keith Sweat 1996.

Concerteza também embalou vários corações apaixonados.

R. Kelly - Bump N' Grind

Vamos mais de vagar e mais leve agora né! AHuAHu

Os manos e as minas que curtiam ja´em 1994 ou mesmo posteriormente, dançaram coladinhos as lentas, e ficaram a pensar nesse meonto a note inteira, com certeza vão se lebrar dessa aqui.

Sugestão de Download: Detentos do Rap- Apologia ao Crime (1998)

O Album a baixo é de 1998 e contém duas faixas que gosto muito são: Campo Minado e Casa Cheia. Voce pode fazer o download da discográfia do Detentos no link  abaixo.

http://galaxiablack.blogspot.com/2008/07/discografia-detentos-do-rap.html

















Segue o Playlist do Album:

1 - O sequestro (intro)
2 - Sequestro
3 - Asçensão (Recompensa)
4 - Heroi do morro
5 - Deus do Morro
6 - Coração Vermelho
7 - Anjo maldito
8 - Campo minado
9 - Vida bandida
10 - Roger
11 - Gladiador do inferno
12 - 2º Mateus
13 - Louco por louco
14 - Lâmpada de aladin
15 - Mó saudade

" Conexão do Morro - Click Cleck Bang "

Sistema Negro - Cada um por Si (OFICIAL) 1994

Vamos agora para algo um pouco mais pesado, Sistema Negro.

Observe os detalhes da roupa Easy Down, Doctor X, Kid Nice e Dj Master Jay, bombetas 5 linhas, aba inferior verde e pino de ferro, camisas de mangas cumpridas, flaneladas e Xadres, muito comum na época.

Câmbio Negro - Círculo Vicioso

Câmbio Negro - Esse é Meu País

Gosto muita dessa letra do X, Cambio Negro com certeza foi além quando lançaram esse som, lembro de ter saído um CD da trama onde vinha o Clip e mais um Show de Rappin Hood, Camorra, Potencia 3, Jair Rodrigues e váriso outros. 

ATHALIBA E A FIRMA

Mano,

esse cara rimava dessa forma nessa época, imagia o estrago que dava para estar fazendo hoje em dia. Athaliba e A Firma pesadão.

Thaide & DJ Hum - Nada pode me parar

Eu cantei e dancei muito esse som, ai Ramiro lembra essa? A fita cassete no radinho, a toquinha pra treinar o giro de cabeça e os agasalhos de Tectel.

Born Jamericans - Yardcore

BORNJAMERICANS FT MAD LION GOTTA GET MINE

Mad Lion - Take it Easy

Mad Lion fez muito barulho.

Juice Crew - The Symphony

BREAKIN - BREAK DANCE

Eu ainda tenho o vinil com as sountrack desse filme,na época conheci um dia Dj que tinha, ele tava vendendo todos os seus discos no meio da rua, aproveitei a oportunidade e dei sorte, pois nunca mais achei esse vinil pra vender. O filme Beat Street eu tenho em VHS ainda, Laker se precisa me devover essa fita ai!!! UAhuHahauh.

Kenny Dope feat Kid n Play & TLC - Get On Down (Make Some Noise)

Procurem pelos filmes House Party 1,House Party 2 e 3 são bem lokos no primeiro rla uma batalha do Kid Vs o Play.

Ahmad - Back In The Day

Scarface - On My Block

Segue a baixo mais um dos clássicos, rapa tentarei atualizar o Blog com a maior frequência possivel. Notem que as músicas mesmo quando tratam de assuntos sérios ainda sim eram engraçadas ou melhor divertidas como em "My Block do Scarface".



Gang Starr - Full Clip

Cypress Hill Featuring The Fugees - Boom Biddy Bye Bye

Pela amor essa é muito embaçada.

Eric B. & Rakim - I Ain't No Joke

Esses são para o irmão entenderem de vez do se vamso tratar aqui nesse espaço. Segura.

KRS -ONE - STEP IN TO A WORLD

Esse som  ainda faz meu coração quase explodir de alegria, era impossivel não começar a dançar ao ouvir esse clássico. 

sábado, 17 de julho de 2010

Eterno B.Boy.

Ainda me lembro de quando gravavamos as fitas cassetes. Esperavamos ansiosos pelos programas de rádio favorito, normalmente alguma rádio comunitária com algum problema na sintonia, tinhamos que ficar testando a antena em todas a direções além de ficar rodando com precisão quase que cirúrgica os knobs sintonizadores até conseguirmos um boa transmissão.

Só tinhamos as Grandes Galerias no centro como lugar para colher referências e nem todos conseguiam sintonizar MTv, haviam algumas rádio legais como a Lider fm que tinham programas de Rap mas nem sempre tocavam as pedradas que queriamos ouvir.

Quando conseguiamos gravar uma música nova ou uma nova vesrão de alguma já conhecida rodavamos a fita o dia inteiro até decorarmos a letra pra poder sair cantando primeiro por ai.
Não tinha dinheiro para um Adidas ou All Star então usava um "Bamba cabeção" eu tinha um fat lace amarelo trançado de modo que um laço grande ficasse na ponta do tênis proxímo ao bico, vestia calças Tactel, Moletom ou de Elanca, aquelas de escola com 1 ou três linha do lado de fora das pernas, havia o espirito do Hip Hop, eramos B.Boys.

Ansiávamos por cada roda de break para aprendermos os movimentos, por cada passada na Santa Ifigênia para simplesmente olharmos os tocas discos sonhando em um dia ter um par deles com um mixer decente, dedicavamos a cantar e compor trancados no quarto, e as bases, as bases eram feita com o que tivessemos em mãos, teclados amadores ou de brinquedo, toca discos três em um.

Nós iamos as festas e esperavamos por apenas uma ou 2 músicas a festa inteira para darmos nosso melhor na roda usando alguns poucos movimentos que haviamos aprendido. Dormiamos Hip Hop, comiamos Hip Hop, respiravamos Hip Hop nós eramos o Hip Hop.

Hoje me casei, tenho duas meninas, trabalho na área de Técnologia da Informação, sinto falta disso tudo, mas ainda carrego o standart gritando que a "Rua é Noiz" é isso irmão sou um eterno B.Boy.