Onde está o DJ?

Saudações a todos, se você estiver visitando o blog pela primeira vez, seja bem vindo! 

Faz tempo que não posto nada aqui. Prefiro conversar pessoalmente com as pessoas,  mas por vezes a preguiça de escrever me aflige e torno publicar algo. Pretendo ser mais frequente e desenvolver um relacionamento maior com os leitores. Bem, considerações feitas, vamos lá!

Nesses dias dando uma passeada por blogs por ai encontrei o http://www.hiphopblog.com onde além de se atualizar com as noticias internacionais do mundo do Rap você pode customizar Mixtapes usando as músicas de Mixtapes já disponíveis no site e fazer downloads delas.

Nesse blog também li uma matéria muito interessante publicada pelo colaborador Todd Williams onde o titulo é a pergunta "Where's the DJ?" que em português seria " Onde está o DJ? ".




No artigo Todd discorre sobre o fato de que não ha mais grupos de Rap como antes no sentido de que  se valorizava mais o DJ, enquanto que hoje ele está em segundo plano nos grupos, concordo com o Todd, pois hoje é um tal de Beat Maker pra cá e pra lá, antes os produtores eram os próprios DJ`s ou as vezes os MC`s, mas o fato é que eles eram uma parte integrante dos grupos, DJ`s  faziam performances no meio dos shows, haviam mais interações entre DJ`s e MC`s, eles faziam aqueles duo's, a importância era tal que em nomes de muitos grupos o nome do DJ vinha antes do nome do MC`s como por exemplo GRANDMASTER FLASH and the Furious Five e  DJ JAZZY JEFF and Fresh Prince. , sem contar as block party que deram inicio ao movimento ligando pessoas e expandindo a cultura Hip Hop como as promovidas por DJ KOOL HERC que por si só demonstram a importância desse elemento.


Todd considera que a partir de 1996 a percepção dos fans e grandes cabeças do Hip Hop (exceto os purista como eu) mudou, pois nesse período acontecia a grande disputa entre a Death Row e a Bad Boy, protagonizadas principalmente por Two Pac e B.I.G. artistas basicamente solo, não tinha um grupo, colavam com um e com outro, ou até tinha um grupo como Two Pac com o "Thug Life" ou o pessoal do "Outlawz" e B.I.G. com Junior M.A.F.I.A, mas tava mais pra uma banca do que um grupo como RUN DMC por exemplo. 

Então no final dos anos 90's aparece Jay-Z para completar "trindade" que forçou essa idéia de artista solo, ai o DJ no contexto de grupo de Rap praticamente acabou e os fans de Rap que vieram depois disso não tem essa visão da importância dos DJ's.  Como Todd diz "MC`s recebem beats por e-mail" escolhem o que melhor lhe apetece e o DJ quando aparece é apenas para soltar as batidas no show, onde não são raros os casos que nem existem.

Hoje DJ's são mais conhecido como produtores do que como DJ's, mesmo nessa era de tantas MIXTAPES, as quais eram utilizada para DJ's apresentarem suas performances e mixagens em Club's e gravadoras, além de apresentar novos artistas tanto MC'S como DJ's, acho que eles deviam estar mais em evidência.

Muita gente esqueceu ou não sabe que antes dos MC's serem o que são hoje esse papel cabia ao DJ.

Pra min Rap tem que ser assim. Reparem nos três primeiros vídeos como Edi Rock, Thaide e Will Smith chamam a participação do DJ KL JAY, DJ HUM e DJ JAZZY JEFF respectivamente e os apresentam ao público.







Comentários

  1. Essa materia veio em uma boa hora para começarmos a colocar nas discussões o verdadeiro papel do Dj dentro da Cultura Hip Hop. Ele serve apenas para disparar a musica no show?... Ou apenas para fazer as produções?... Ou virou beatmaker?... Nada contra mais conheço varios que nunca foram djs, nem nunca subiram num palco nem sequer sabem o que e um vinil!!! Bom a questão nem é essa porque outros tem muito talento e humildade. Mais acredito que todo o avanço da tecnologia e os festivais de rap onde 30 grupos tenham que se apresentar em 15 minutos cada e o preço altos dos equipamento levando a grupos de rap desistir de ter djs e por consequencia contratantes e donos de casas noturnas que não se preocupam em dar estrutura para se colocar equipamentos de dj no show... tenham contribuido para que a raiz do dj nos palcos tenha diminuindo.

    ResponderExcluir
  2. Gostei, tá ai um ponto de vista interessante, esse lado do investimento por parte de produtores de eventos e o custo elevado de equipamentos de DJ para grupos de Rap ou para o próprio DJ é realmente uma realidade que vi e vivo de perto e com certeza contribui para essa dificuldade dos DJ's estarem melhores posicionados, pelo menos a nível nacional, já la fora não sei se esse conceito se aplica. Obrigado Raffa pela sua contribuição!

    ResponderExcluir
  3. É por essas e outras que eu amo a cultura HIP HOP, parabéns Djose pelo Blog, ótimas matérias! Forte abraço!

    @Dibeatmaker_

    ResponderExcluir
  4. Sim. Com certeza isso não se aplica la fora. Mais a minha preocupação e com o Hip Hop brasileiro que ja a muito tempo é mais autentico do que de varios lugares do mundo principalmente dos Estados Unidos. Nada contra mais precismaos conseguir politicas publicas legitimas de finiançamento de instrumentos para os musicos e porque não equipamentos para os Djs tambêm. Afinal eles precisam dos equipamentos para trabalhar profissionalmente.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe um salve! Diga o que pensa a respeito!

Postagens mais visitadas